IFRR no Bonfim leva ação de extensão para comunidade indígena

por Rebeca publicado 17/05/2019 09h46, última modificação 17/05/2019 09h46
A Comunidade Indígena Jabuti recebe, neste sábado, 18, uma ação de extensão do Campus Avançado Bonfim (CAB). O evento vai disponibilizar oficina e palestras sobre tecnologias para sistemas de produção agropecuária. A ção ocorre das 8h às 12h, na escola estadual que atende a comunidade.

No Município do Bonfim, distante 125 km da Capital, a Comunidade Indígena Jabuti recebe, neste sábado, 18, uma ação de extensão do Campus Avançado Bonfim (CAB) do Instituto Federal de Roraima. O evento vai disponibilizar oficina e palestras sobre tecnologias para sistemas de produção agropecuária. Ele ocorre das 8h às 12h, na escola estadual que atende a comunidade.

Além de promover a integração do CAB com a comunidade indígena, fornecendo informações técnicas importantes para a produção agropecuária, a proposta da ação é apresentar e socializar técnicas de produção agroecológica para áreas de plantios na comunidade e apresentar as linhas de atuação do campus.

De acordo com a coordenadora de Extensão da unidade, Jullyandry Coutinho, o evento, que é aberto ao público, tem como proposta metodológica a realização de atividades, como palestras e oficinas, que envolvam a rotina prática dos sistemas de produção de plantas e animais de interesse social e econômico da comunidade que vai receber a ação.

A primeira atividade será uma oficina, das 8h30 às 9h45, com a professora Eliselda Ferreira (CAB), sobre técnicas agroecológicas baseadas em tecnologias apropriadas para agricultura orgânica oriundas de processos gerados e validados por pesquisas científicas, ações de construção participativa do conhecimento ou de experiências práticas de produtores.

Em seguida, vão ocorrer duas palestras. Às 10 horas, o professor Severino Manuel (CAB) falará sobre os benefícios do sistema de cultivo consorciado para a cultura da mandioca. Depois, a professora Alessandra Fortes (Campus Amajari) abordará assuntos relacionados ao manejo de suínos para pequenos produtores. “As ações serão apresentadas de forma resumida, em linguagem simples e acessível para os participantes”, disse Jullyandry.

 

Cronograma das atividades:

8h às 8h30 – Abertura

8h30 às 9h45 – Técnicas e práticas agroecológicas para sistemas agrícolas

10h às 11h45 – Palestra “Benefícios do cultivo consorciado para a cultura da mandioca”

11h às11h45 – Palestra “Criação e manejo de suínos”

12h – Entrega de certificação e encerramento

 

Rebeca Lopes

Ascom/Reitoria

17/5/19

« Outubro 2019 »
month-10
Do Se Te Qu Qu Se Sa
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2