EDUCAÇÃO AMBIENTAL – Pesquisa apresentada no Connepi faz diagnóstico de práticas associadas ao uso de agrotóxicos e ao destino final de suas embalagens

por Virginia publicado 09/12/2016 09h15, última modificação 09/12/2016 10h45
A acadêmica do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas Rosely Souza Pereira faz um levantamento sobre o diagnóstico de práticas associadas ao uso de agrotóxicos e ao destino final de suas embalagens. A pesquisa foi desenvolvida por meio do Programa de Bolsas de Ações de Extensão (Pbaex), sob a orientação do professor Ismayl Carlos Cortez. O resultado foi apresentado, em forma de comunicação oral, no IX Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Iniciação Científica (Connepi), em Maceió (AL), e demonstrou quão importantes são as ações de orientação e sensibilização dos produtores para o correto descarte das embalagens com vistas à preservação do meio ambiente

A acadêmica do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do Campus Boa Vista Centro Rosely Souza Pereira fez um levantamento sobre o diagnóstico de práticas associadas ao uso de agrotóxicos e ao destino final de suas embalagens. A pesquisa foi desenvolvida por meio do Programa de Bolsas de Ações de Extensão (Pbaex) e sob a orientação do professor Ismayl Carlos Cortez. O resultado foi apresentado, em forma de comunicação oral, no IX Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Iniciação Científica (Connepi), em Maceió (AL), e demonstrou quão importantes são as ações de orientação e sensibilização dos produtores para o correto descarte das embalagens, com vistas à preservação do meio ambiente.

O estudo de Rosely mostrou que o crescimento populacional da cidade de Boa Vista implica uma demanda crescente da produção de alimentos e insumos, além de um produto de qualidade para o consumidor final. No entanto, a ampla utilização de agrotóxicos no sistema produtivo é um grave problema para a saúde e para o meio ambiente, pois contamina o solo, a água e o ar. Com vistas a regularizar o abastecimento, diminuir os preços e gerar emprego e renda, a Prefeitura Municipal de Boa Vista (PMBV) implementou o Projeto Estufa. Contudo, não há informações precisas sobre a utilização de agrotóxicos pelos produtores de hortaliças.

Nesse sentido, o objetivo da pesquisa foi realizar o diagnóstico de práticas associadas ao uso de agrotóxicos e do destino final de embalagens utilizadas nas hortas do Projeto Estufa, no Município de Boa Vista. 

“O estudo foi realizado nas áreas urbana e rural, nos meses de maio a novembro de 2015, entre os produtores de hortaliças, especificamente os do Projeto Estufa da Prefeitura Municipal Boa Vista, por meio do qual se contatou que os principais problemas fitossanitários enfrentados nas hortícolas do Projeto Estufa são insetos-pragas. Todos os produtores utilizam agrotóxicos em suas hortaliças, no entanto quase a metade não procura ajuda técnica para o processo de compra, utilização e descarte de embalagens. A maioria  descarta as embalagens de agrotóxicos de forma inadequada, prejudicando o meio ambiente e a saúde pública”, detalhou Rosely.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista Centro na cobertura do Connepi 2016
9/12/2016