IF Acolhe promove ações com foco na melhoria da qualidade de vida de alunos imigrantes

por Virginia publicado 24/06/2019 18h05, última modificação 24/06/2019 18h12
Os atendimentos médicos e as palestras foram realizados pelas instituições parceiras.

No último dia 19, no Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV-IFRR), foi realizada a terceira edição do Circuito de Palestras para Estrangeiros, com o tema “IF Acolhe”. Os atendimentos médicos e as palestras tiveram como objetivo promover ações que contribuíssem para a melhoria da qualidade de vida dos imigrantes matriculados nos cursos de Português para Estrangeiros ofertados pelo campus.

De acordo com a diretora de Extensão, Programas Especiais e Ações Inclusivas do CBV, professora Marilda Vinhote Bentes, o IF Acolhe atingiu os objetivos propostos, sendo considerado um sucesso. “Oferecemos, pela primeira vez, atendimento médico e odontológico para os estrangeiros, com o comparecimento de um número expressivo dos nossos alunos imigrantes e de seus familiares. Portanto, o evento foi significativo, na medida em que a instituição cumpre com seu papel social por meio dessa ação de cunho humanitário. Assim, promovemos o respeito e a equidade por meio da política de extensão, uma vez que atendemos às demandas da sociedade e promovemos a garantia de direitos, respeitando a diversidade existente, independente de nacionalidade, tendo por base o aspecto educacional e profissional”, disse.

O coordenador do 3.º Circuito de Palestras para Estrangeiros, Baronso Lucena, afirma que algumas adequações serão realizadas para as próximas edições, no sentido de ampliar a participação dos imigrantes. “A proposta para as próximas edições é que se faça o evento aos sábados. Assim, mais imigrantes poderão participar, juntamente com seus familiares”, declarou.

A venezuelana Maria Garcia, aluna do curso de Português para Estrangeiros, trouxe a irmã Mirioska Gozmán e o sobrinho pequeno Santiago Gozmán. Ela afirma que se interessou pelo evento principalmente por conta do atendimento odontológico, pois ainda não havia conseguido uma vaga no posto de saúde. “Me interessou muito o atendimento odontológico, pois, no posto de saúde, temos de ir bem cedo, ainda na madrugada, e dificilmente conseguimos uma vaga. Essas ações são muito importantes para conseguirmos acesso aos serviços que temos dificuldades de conseguir na rede pública porque há uma procura muito grande”, desabafou.

O projeto IF Acolhe é desenvolvido desde 2017 e tem o intuito de envolver os imigrantes, independentemente de sua condição econômica, política, cultural e social, em atividades educacionais, sociais e profissionais.

Para a realização do evento, o CBV contou com o apoio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RR), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), da Universidade Federal de Roraima (UFRR),  da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e da Associação Roraimense pela Diversidade Sexual (Grupo DiveRRsidade).

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
24/6/2019