Projetos voltados a imigrantes venezuelanos são apresentados em evento internacional sobre a Amazônia

por Virginia publicado 05/06/2019 15h57, última modificação 05/06/2019 15h57
A diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica do CBV, professora Cleide Maria Fernandes Bezerra, apresentará três importantes projetos durante o fórum.

O Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV/IFRR) mais uma vez é destaque em evento internacional, desta vez no II Fórum Internacional da Amazônia (FIA), realizado até a próxima sexta-feira, 7, na Universidade de Brasília (UnB). A diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica do CBV, professora Cleide Maria Fernandes Bezerra, apresentará três importantes projetos durante o fórum.

Com o tema “Proposta de Incubadora de Empresas Multissetorial Voltada aos Negócios de Imigrantes Venezuelanos como Saída à Crise Econômico-Financeira”, o primeiro projeto trata da necessidade de um ambiente por meio do qual se possa trabalhar a inovação e o empreendedorismo social voltados aos negócios dos imigrantes refugiados. Já o segundo, “Turbina Hidrocinética, uma Proposta de Tecnologia Social para Beneficiar Pequenos Produtores Rurais no Estado de Roraima”, fala do aproveitamento do potencial de energia cinética dos rios e dos igarapés de Roraima. Ele foi desenvolvido pelo Grupo de Estudos de Energias do Extremo Norte do IFRR-CBV.

O terceiro e último aborda o “Empreendedorismo social voltado aos imigrantes venezuelanos”, com o objetivo de debater a importância de se propor uma saída socioeconômica para os imigrantes que vivem hoje no Estado de Roraima.

De acordo com Cleide, a participação do CBV no fórum reafirma o compromisso da instituição com a promoção da pesquisa científica. “Por meio desses eventos nacionais e internacionais, é possível partilharmos com outras instituições as experiências realizadas no âmbito do IFRR, fruto de importantes pesquisas, assim como conhecer outras experiências positivas que possam ser desenvolvidas em Roraima. Representa também um momento ímpar por meio do qual ampliamos nosso conhecimento para poder melhor orientar nossos acadêmicos”, disse.

FIA – O fórum é um momento de debates sobre a Amazônia. Trata-se de espaço de divulgação, produção e intercâmbio de ideias, diálogos e vivências. Ele congrega professores, pesquisadores, entidades, movimentos sociais e instituições dos países da Amazônia continental que estão envolvidos, principalmente, em atividades de ensino, pesquisa e extensão, de forma a estimular a realização de estudos pautados na pluralidade de pensamentos e ações multidisciplinares, teóricas e práticas.

Entre os principais objetivos do evento está o de promover o intercâmbio com outras organizações e instituições de representação nacional e internacional para debater e refletir sobre o processo histórico e o quadro atual da Região Amazônica, traçando cenários e apontando linhas de pesquisa, políticas e ações de interesses de seus povos, populações e comunidades tradicionais.

De acordo com os organizadores, o intuito do II FIA é trazer importantes olhares sobre a Amazônia brasileira e continental, no sentido de contribuir para a construção do conhecimento científico, a valorização de saberes e a defesa dos povos, das populações e do ambiente desse importante bioma, apontando os desafios a serem enfrentados e as formas de resistência.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
5/6/19