Representantes do IFRR conquistam medalha de cristal na ONHB 2018

por Virginia publicado 21/08/2018 15h20, última modificação 21/08/2018 15h20
Equipe do Campus Boa Vista foi a única representante de Roraima na competição.

A equipe Agere non loqui, representante do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima na Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB) 2018, formada pelos alunos Adriano Lima dos Santos, Eduardo Bordonal Tressoldi e Shanti Sai Moreno Brooks, conquistou medalha de cristal, sendo destaque da Região Norte na competição.

Os alunos, com a professora Rafaela Pereira, orientadora deles na olimpíada, retornaram de Campinas, onde disputaram, nos dias 18 e 19 de agosto, a fase final da ONHB. Rafaela lamentou o fato de os representantes do IFRR não terem conquistado medalhas, apesar do esforço. “Este ano não saiu ouro, prata ou bronze, mas estamos contentes com a nossa medalha de cristal! Não foi fácil chegar até aqui. Este ano foi muito desafiador em vários sentidos. Estou muito orgulhosa dos nossos alunos”, disse.

ONHB – A 10.ª edição da ONHB, a exemplo das edições anteriores, consistiu em uma avaliação formativa, ou seja, em uma prova que exigiu muito além dos conhecimentos prévios. Os alunos tiveram de realizar diversas pesquisas sobre diferentes épocas e temas da História do Brasil. A prova também privilegiou temas ligados à cidadania, ao respeito à diversidade, aos direitos humanos, à justiça e à igualdade. Portanto, sempre trabalha a História em sua totalidade, e de maneira contextualizada, levando os alunos a uma profunda reflexão sobre o passado e o presente do Brasil, fugindo dos moldes tradicionais do vestibular e do Enem. 

IFRR – Em edições anteriores, o IFRR foi medalhista de bronze e prata, e também  destaque em várias edições. Em 2017, três equipes foram classificadas para a fase final.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
21/8/2018