DESTAQUE ACADÊMICO – Equipe do Campus Boa Vista é finalista do edital Santander Universitário Empreendedor

por Virginia publicado 10/07/2019 15h25, última modificação 12/07/2019 11h29
Os finalistas participarão no mês de setembro, em São Paulo, SP, da etapa final da seleção

O Instituto Federal de Roraima (IFRR) é o único representante da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPT) finalista do edital Empreenda 2019, do Santander Universitário Empreendedor. A equipe composta pelas alunas Vitória Gurgel, Aldenise Moreira, Thâmires Leal e Karollainy Araújo, do 3º módulo do curso superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar do Campus Boa Vista (CBV), apresentou o projeto Aplicativo de Consulta de Planos de Saúde, sob a coordenação da professora Cleide Maria Fernandes Bezerra.

A submissão ao edital fez parte da avaliação da disciplina Empreendedorismo, ministrada pela professora Cleide. “Ao todo, três equipes da turma submeteram projetos como atividade avaliativa da disciplina, e apenas uma equipe conseguiu a classificação. Essa conquista é uma vitória para o Campus Boa Vista por estar alinhada aos grandes desafios nacionais considerados inovadores relacionados a projetos que envolvam o desenvolvimento de produtos, serviços e soluções aplicadas com potencial de escala e geradores de impactos mensuráveis. Portanto, representa uma proposta que inclusive tem potencial para transferência de tecnologia”, explicou a docente.

Seleção – O objetivo do Santander Universitário Empreendedor é reconhecer e conceder apoio à criação e ao desenvolvimento de ideias inovadoras que poderão tornar-se negócios de alto impacto no futuro. Na primeira etapa, foram selecionadas 50 propostas nacionais que apresentaram as maiores notas, considerando a média de todos os critérios. Na segunda, foram selecionados apenas dez projetos, cujos representantes são convidados a participar de um treinamento em setembro, em São Paulo (SP). Nesse treinamento, os líderes das equipes receberão técnicas de oratória e orientações sobre a apresentação do projeto.

Mais de 2 mil propostas foram submetidas ao edital, em todo Brasil, e apenas dez projetos foram selecionados para a etapa final.

Premiação – Ao final, o projeto selecionado como finalista será beneficiado com mentoria, apoio de até R$ 30 mil líquidos e um curso presencial na Babson College, na cidade de Boston, Estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. O curso é denominado “Babson Entrepreneurship Program for Students – Babson Build” e consiste em um programa sobre empreendedorismo. O professor orientador do projeto selecionado também fará jus ao recebimento de um curso presencial na Babson College denominado “Price-Babson Symposium for Entrepreneurship Educators”, que consiste em um programa exclusivo para professores de empreendedorismo, de aproximadamente quatro dias de duração, no qual o professor terá aulas e participará de discussões de casos, bem como receberá informações e materiais para acompanhamento do curso.

Conheça aqui as equipes classificadas.

 

Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
10/7/19