Campus Boa Vista dá seguimento ao Plano de Acolhimento do Servidor

por Virginia publicado 20/11/2021 19h25, última modificação 24/11/2021 09h24
A proposta é que o plano seja, futuramente, transformado em programa institucional, que será implementado até 2022

O Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima (CBV/IFRR) retomou as ações do Plano de Acolhimento dos servidores com um café cultural na manhã desta  quinta-feira, 18, no hall de entrada do auditório.

Na primeira etapa, foram recepcionados os servidores que ocupam cargos de gestão, e agora foi a vez dos demais servidores, técnicos e docentes, que retornam de forma gradual e escalonada. A proposta é que o plano seja transformado em programa institucional, a ser implementado ao longo de 2022.

O evento contou com a acolhida pelos gestores, apresentações musicais, distribuição de kit institucional e  lanche compartilhado. O professor Leandro Brito, um dos artistas que se apresentaram no momento cultural, enfatiza a importância da ação de acolhimento. “Foi bom poder encontrar pessoalmente meus colegas, após mais de um ano de trabalho remoto, em um momento leve e acolhedor”, disse.

Já a assistente em administração Vanessa Figueiredo avalia que o momento de acolhimento foi importante para se conhecer o plano que a instituição elaborou para receber os servidores com segurança. “Eu acredito que esse momento foi importante para conhecermos o plano de biossegurança que será implementado com foco na saúde e bem-estar do servidor, além de revermos os colegas. Agora podemos ficar tranquilos, pois sabemos que a instituição está preparada para o retorno. Essa segurança é a nossa principal motivação”, comentou.

Para o enfermeiro Gilvan Brolini, a programação serviu para marcar, de forma descontraída, o reencontro com os colegas. “Considero que a ação foi extremamente positiva, principalmente porque havia, entre os servidores, uma apreensão muito grande em relação ao retorno presencial das atividades. Foi um momento importante de encontros e reencontros, depois de um longo período em que muitos adoeceram, tiveram perdas ou presenciaram o sofrimento de amigos e vizinhos. Enfim, foi um momento especial e de grande valia para esse recomeço”, declarou.

De acordo com a diretora-geral do CBV, professora Joseane Cortez, o retorno presencial gradativo precisará promover momentos de reintegração entre os pares, além de reestabelecer a relação principal no espaço educacional, que é do professor e do estudante. “Ao construir o plano de retorno à presencialidade de maneira gradual, pensou-se em diferentes perspectivas que contemplassem os aspectos psicológicos, emocionais, sociais e culturais, com base nas orientações institucionais relacionadas à pandemia. Entre as atividades propostas estão rodas de conversas, momentos de diálogo e vivência relacionados ao isolamento que tivemos de passar. Pretendemos desenvolvê-las  com toda a comunidade,  servidores, estudantes e famílias.  Como ação primeira, realizamos um café cultural para brindar a segunda etapa do plano de retorno, a qual tem como foco os servidores. Embora ainda não possamos nos abraçar, estamos brindando a cada um com café,  música,  diálogo e com um sorriso fraternal de muita alegria e satisfação por estarmos nos reencontrando em nosso ambiente de trabalho”, disse.

Entre as atividades contempladas na proposta estão o Tour CBV, que poderá ser presencial ou on-line, com o objetivo de apresentar o campus para novos estudantes e para a comunidade interessada nos cursos ofertados; a Acolhida Cultural, que prevê momentos de entretenimento, shows, saraus e outras programações artísticas; a Escuta Efetiva e Empática, que pretende promover o diálogo com trocas de experiências sobre o período vivido, dificuldades, apreensões, entre outros; e o Família na Escola, que visa garantir momentos de orientação aos pais ou responsáveis pelos estudantes dos cursos técnicos sobre os horários das aulas, a rotina de estudos semanais e demais informações pertinentes, a fim de que possam contribuir com sugestões para a criação de condições favoráveis para um melhor desempenho dos estudantes nessa nova rotina.

Uma das ações de maior sucesso, já realizada em comemoração ao aniversário do IFRR, em 2018, foi o CBV em Movimento, que deve ser retomado  em nova versão.

Esse evento visa promover momentos de lazer, cultura, esporte e entretenimento de maneira integrada, estimulando o diálogo, o convívio e a sensação de pertencimento à instituição nesta fase de retorno às atividades presenciais.


Virginia Albuquerque
CCS/Campus Boa Vista
19/11/21