FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA – Campus Boa Vista irá qualificar cerca de 90 policiais militares em cursos de aperfeiçoamento

por Virginia publicado 22/07/2020 16h02, última modificação 22/07/2020 16h05
Ambos os cursos terão início em agosto e serão realizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA/Moodle).

A Diretoria de Extensão, Programas Especiais e Ações Inclusivas (Direx) do Campus Boa Vista do Instituto Federal de Roraima, por meio da Coordenação de Convênios e Articulação Comunitária (CCAC), firmou dois acordos de cooperação técnica com a Polícia Militar de Roraima (PMRR) para a oferta de dois cursos de formação inicial e continuada (FIC). O primeiro é o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO); o  segundo, o Curso de Aperfeiçoamento Superior de Polícia (CSP).

Ambos serão realizados na modalidade de Educação a Distância (EAD), gerenciados pela Direx e executados pelo Departamento de Educação a Distância (Dead). O CAO inicia-se no dia 3 de agosto, e o CSP no dia 10 do mesmo mês. Eles terão duração de quatro meses, e as turmas serão formadas, respectivamente, por capitães e majores da PMRR.

Os cursos têm como objetivo aperfeiçoar os policiais militares de Roraima, com vistas ao melhor atendimento das ações de segurança pública no estado, no que tange aos fatores de risco que comprometem a ordem pública, assegurando, assim, servidores mais capacitados para gerir a segurança da população.

De acordo com a diretora de Extensão do CBV, professora Marilda Vinhote Bentes, os cursos FIC propiciam a articulação entre ensino, extensão e pesquisa. “Essa integração ocorre de maneira interdisciplinar e é voltada principalmente para as questões de segurança, bem-estar, desenvolvimento econômico, social, resultando em oferta de formação e qualificação de acordo com os preceitos técnicos desta instituição de ensino, na perspectiva de fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais do Estado de Roraima”, disse.

Para a coordenadora de Projetos e Programas de Extensão, Luciane Wottrich, as parcerias firmadas com o IFRR demostram a confiança do público externo no trabalho desenvolvido pela instituição. “A busca do IFRR pelas instituições externas reflete o compromisso de nossas equipes de servidores, que buscam desenvolver um ensino de qualidade, com vistas a cumprir nossa missão, visão e valores, além  da nossa responsabilidade social, mediante a educação”, afirmou, acrescentando que os cursos CAO e CSP vão capacitar aproximadamente 90 policiais dos diferentes quadros de oficiais da Polícia Militar de Roraima, proporcionado qualificação e aperfeiçoamento profissional, contribuindo para a melhor gestão da segurança pública no estado.

O comandante-geral da Polícia Militar de Roraima, coronel Santana, explicou que serão qualificados ocupantes dos postos de major e capitão do quadro de combatentes, do quadro complementar, do quadro de saúde e do quadro de músicos. “É a primeira vez que os cursos serão realizados no estado, sem a necessidade de deslocamento para outros estados da Federação, permitindo que os oficiais não sejam afastados das suas funções. Os cursos serão realizados na modalidade a distância, com previsão de término para os meses de novembro e dezembro deste ano, e são indispensáveis para a ascensão profissional dos oficiais. A gestão do curso será realizada pela PMRR e pela Academia da Polícia Integrada Coronel Santiago (APICS), enquanto a execução ficará a cargo do Instituto Federal de Roraima, com certificação expedida pelo IFRR e pela APICS. O IFRR e a PMRR disponibilizarão corpo docente e pessoal técnico para acompanhar e desenvolver todas as atividades inerentes aos cursos”, declarou.

AVA – No momento está sendo realizado o curso Criação de Salas no Moodle, com carga horária de 60 horas, para capacitar 23 servidores, incluindo os do IFRR e os da PMRR que atuarão nos dois cursos como docentes no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA/Moodle).

 

 

Virginia Albuquerque

CCS/Campus Boa Vista

22/7/2020